GIOVANA BERVIAN

THE OFFICIAL WEBSITE

BUY ALBUM
 
 

Original lyrics in Portuguese

All songs and lyrics written by Julio Munhoz, except "Borda da Noite" (music by Giovana Bervian and lyrics by Julio Munhoz)

Giovana Bervian: sings all songs and plays acoustic guitar in "Borda da Noite"

Julio Munhoz: base acoustic guitar in all songs, vocals in "Brisa", "Olhos Teus" and "Voa Clara", and solo acoustic guitar in "Cavaleiro Negro"

Special guest musicians:

Fefe Corradini: flute in "Borda da Noite" and "Voa Clara"

Álvaro Santi: solo acoustic guitar in "Um Verão em Mim" and "Voa Clara"

Produced by Julio Munhoz and Giovana Bervian

All songs recorded, mixed and mastered by Fabio Ferreira at the Estudio MixMusic, São Paulo

Acoustic guitar solo by Álvaro Santi recorded at the DDa Da Capo Studio, Porto Alegre

Cover art by visual artist Fernando Carvalhal

 

 

LYRICS

 ALBUM A COR DAR

1. Um Verão em Mim

 

Vem o Sol

vai amanhecer mais um dia

o samba é pra dançar

a praia refrescar

no ar pra escorregar... voar!

É verão

na palma da mão vi a chuva

Vem pra nos lavar

corpos a grudar

seus lábios a beijar, suar...

Vejo esta cidade linda em você

Vejo esta cidade linda em você

Areia, estrelas, mar 

e tuas curvas nos contornos das esquinas

Luar, calor, tesão

no quarto quente da canção 

toquei suas mãos...

 

2. Brisa

 

Vou seguindo pela manhã

Orvalho e sereno

vejo e é bom, vejo e é bom

Vem caminhar comigo

É uma brisa no rosto

É um aperto no peito

um sorriso imenso

uma marca do tempo

Esses sonhos tantos

vão acontecer

o mar tão silencioso

vai enfurecer

Dragãodas almas verdes

envolto em pele clara

mostra a tua sede

e beba a minha alma!

 

3. Olhos Teus

 

Esse nosso amor

Passa por mim

Passa por nós, até o fim…

Louca ilusão, meu coração

Aperta então você !

Você……..Você…….

Saiba, nunca mais

Um brilho jaz

Nos olhos meus, tão sós

Linda como a flor

Brilha em abril

Sorriso teu no mar

Você……..Você…….

 

4. Clarabela

 

Clarabela, Clara Ana

Clara tudo , clara o Sol

Ana bela sonha muito

Ama bela, ama o Sol

Ver-te, verde

Ver-te verde

Verde o mundo, verde o Sol

Bela Ana ama tudo

Mundo sonha, mundo Sol

Nos teus braços de menina

Laue, laua……

 

 

5. Borda da Noite

 

A noite vem vindo,

nos envolvendo vagarosamente

Quando a gente vê

ela já tomou conta da gente

Oito horas de dia....

e só...eh...e só...eh...e só

E a eternidade nos abraça

na brisa fria que sopra

E eu aqui só pra você

Bem na borda minha de dia

na saia de cima da Terra

E cá já faz escuro...e nada

Um gelo corre do Norte 

ao meu coracão...oh não!

E eu aqui só

E eu aqui só pra você

11. A Cor Dar

 

Há um menino matreiro chegando

O passado sorrindo presente e gritando

Vem pra ficar

todos os sonhos armar

Seus pais pra beijar

Filho, meu bem, é papai a falar

A vida vai e vem

Vem com a gente brilhar

Mamãe te cuidou

Por muito esperou

Papai te olhou…

Olha quanta coisa bem bonita

Tem aqui junto de nós

Pedro o mundo dorme

te esperando acordar

Enfim...

Ha um menino matreiro chegando

O passado sorrindo presente e gritando

Semente de nós

Boas vindas pra ti

Adiante rapaz!

Qua a luz que te traz

Faça o dia mais belo

E um elo de paz

Permaneça singelo

Mamãe te cuidou

Por muito esperou

Papai te olhou…

Criança é o desejo que tecemos

Do amor a fiar

Pedro o mundo dorme

te esperando acordar

Enfim...

 

 

 

12. Voa Clara

 

Do cazou bidou  tanauê  tanauá

Clara azul do Sol, pra viver,  pra voar

Diz que vai voltar, voa até o mar

Minha flor, meu azul, minha cria

Vai leve como o ar, este mundo é seu

Caminha o teu caminho e siga o nascer do Sol

Clara, amor e sal, pra gerar, pra criar  

Este mundo é bom, Deus olha por nós

Siga em frente e confia, minha filha !

Há tanto para olhar, céus e pessoas para amar

Aprender a ver  e a ser 

Voa, Clara          ….voa!

Do cazou bidou                  tanauê      tanauá

Clara azul do sal        pra viver,           pra voar

 

 

13. A Lavadeira

 

Instrumental and vocalise (no lyrics)

 

 

 

 

 

6. Cavaleiro Negro

 

Cavaleiro Negro até o Sol

Quer amar, quer sonhar...aaahh

Sua espada ao vento risca o ar

Busca num galope alguém pra amar

ao luar, ao luar, ao luar...aaaahhh

 

7. A Chuva

 

Sabe,

O vento deste temporal

Não assusta a gente não…

Tu, luz do trovão….a brilhar!

A passar toda a multidão

Clara vida cristalina aqui no chão

Branca tês na madrugada

Risca toda a escuridão…..

E...

Chove, chove, chove, chove, chove, chove, chove

Chove, chove, chove, chove, chove, chove, chove

 

 

8. Estrada Sul

 

O Sul é mais aqui, desejo de voar

andar andar andar e saber tudo de lá

Nosso peito disse vá,

então por que não ir?

a paixão por resistir,

o calor anos cobrir

Vento que passa,

leva contigo sumiço mau humor,

leva contigo azar, falta de amor.

Não se canse de sonhar,

leve os caretas por ai

A vida sempre te dá mais,

é só nunca desistir

Jogue as cordas,

corra os campos, o tempo é muito mais

erga os olhos, sua vida se esvai

Quero doces, redenção, você perto de mim

sabe as horas meu tesão,

não importa mesmo assim

Ruas, cidades

Não mais te esquecerei

pessoas, saudades, um dia voltarei!!

 

 

9. Respirarte

 

 

Seu coração sem tom

Parece assim Sol ter

Parece bom demais

Quero Lia sossegar

Quero Lia respirar

ar...ar...ar...ar...

E a revés..revés...revés

Sorrir, partir, cantar

Pra iluminar

Esta cidade tão molhada

tão opaca de fervor!

A nossa presença

Eterniza essa voz

Que cor! Que cor! Que cor!

 

 

10. Pulso Cigano

 

 

Pulso porque no passo do olhar existo

Pulso no fundo do mundo e no ar repouso

Nas veredas da janela

Veredas de luz...veredas de luz

Sol...estrada

Pulso fundo no passo do mundo

Onde não pensavas mais

Onde não pensavas mais

É lá que estamos

É lá que vamos

Azul...último lar dos aflitos

Onde o coração

repousa, descansa, se lança

Passo e no passo de meu passo

perfaço munha ânsia

de vagar

e não voltar...

 

 

 

 

 

 

 

 

   

 

 

 

 

 

 

 

 

 

This website is created and hosted by Website.com's Site Builder.